<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8622554983680968736\x26blogName\x3dWalls\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://isnotfear.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://isnotfear.blogspot.com/\x26vt\x3d-4362109492983492481', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quarta-feira, 14 de abril de 2010

♥ Palavras e algumas lágrimas.

E então lágrimas escorreram por cada parte do meu corpo. Dor, não era o que eu sentia, tristeza, também não era o que eu sentia, eu apenas estava fraca.. mas como lidar com algo tão desconhecido, e que muda com tanta frequência? como lidar com meu coração tão fraco e bipolar? Eu ponho minhas músicas preferidas e as deixo tocar durante todo o dia, começa pela sala, invade meu quarto e toca minha alma.. não sei mais como agir em dias como estes, não sei se tento me animar ou se continuo em meio desse turbilhão de emoçoes, apenas fico em casa e tento não me mexer.. mas a realidade me chama, na verdade, eles gritam.. e então, fico surda. Mas preciso acordar, e continuar o dia, são minhas responsabilidades, meu futuro, e minha fraqueza. sinceramente eu não sei como isso começou e nem como vai acabar, se isso um dia realmente for acabar. e então eu começo a acreditar que não é uma questão apenas de fraqueza, mas sim de sentir, entrar em contato, de corpo e alma..
ah! minha alma...tão silenciosa e tão barulhenta, tudo ao mesmo tempo..
parece que quer explodir, mas as vezes parece ter ido embora. Eu apenas tento conviver com isso, todos os dias, todas as horas, minuto a minuto, segundo por segundo. eu tentei, realmente tentei, mas não tem como mudar algo que já faz parte de mim, serei assim sempre, mas talvez isso não seja uma coisa ruim, eu apenas preciso aprender a conviver e a controlar...

essas, são apenas palavras e algumas lágrimas, de uma pessoa fraca.

Am i really never good enough for you?
06:46
0 commented

♥ Profile :


    Limão (:
    dezessete
    Escorpião
    23 out' 92
    muito_idiota@hotmail.com

♥ Past